Estou em sintonia com a frequência do amor


| Histórico



- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006



| Outros Sites



- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis


| Votação


- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog





| Contador

| Créditos

Layout By Evelyn Regly
TEMPLATES PERSONALIZADOS!!!!!!!! Vivaaaaaaaaaa :)




o que eu penso sobre...

Amor – é uma vibração. O que move todas as partículas do Universo. Todas nossas ações e palavras devem vibrar nessa freqüência.


Compaixão – é uma das emoções que eu mais aprecio. Acho bonito ter compaixão por nós mesmos e pelos outros. Todo mundo pode errar, todo mundo está aprendendo, e todo mundo deveria ser humilde, porque nada mais somos que poeiras cósmicas e formados pelos mesmos componentes que os elementos da Terra, dos animais e daquela pasteleira lá da esquina.


Medo – O oposto da fé. Se tem um ou outro, não os dois ao mesmo tempo. Acredito que o medo seja um dos recursos do nosso ego para não deixar evoluir e desprender do mundo das ilusões. Tenho bastante medo, principalmente de perder as pessoas, do tempo passar, de ficar velha e sozinha no mundo. Tenho medo de enfrentar as pessoas, de não ter escudos para me defender, de brigas, ladrão, violência e de pessoas que fazem mal os animais. Morro de medo de fantasmas e do escuro.

Mas não tenho medo de defender as pessoas que eu amo, nem do futuro e muito menos de morrer.


Coragem: É conseguir seguir o seu coração, mesmo que o mais correto seja o caminho da razão.


Dinheiro: é o espírito da matéria. Não lutar por ele, mas adoro qualidade e tecnologia. Quando eu tenho sei administrar e dar valor, mas ainda não aprendi a desenvolver a minha personalidade no mundo material.


Mente: Serve para criar e transformar através de vibrações emitida. Tem o poder de mudar a realidade...aos poucos, seguindo uma cronologia de fatos.

Pode ser usada para atrair situações ruins ou boas, dependendo de quem a controla, ou apenas a habita.


Idéias: estão no ar, você apenas as inspira e espira.


S: uma química que nos transporta para a verdadeira realidade, a divina. Onde encontramos todo o segredo da concepção do Universo, onde deixamos de ser seres individuais e nos conectamos ao Todo.


Deus: Eu rezo, mas não sei como ele é, se tem forma, se é apenas uma luz, uma energia ou o amor.


Religião: Acho todas muito interessantes, e contam a mesma história, mas em diferentes versões. Muitos não sabem, não entendem, mas precisam de regras para se sentirem seguros. Acho que muitas das religiões ensinam a fé para pessoas, e isso é muito bacana.


Ego: poxa, preciso de um post inteiro para escrever sobre ele. Existe como se fosse um advogado do diabo, tirando você do caminho da luz e da consciência.

Ele quer existir para sempre, e para isso não pode deixar você matá-lo.

Ele que limita a sua mente, criando uma personalidade. Acha isso mais bonito que aquilo, gosta disso e detesta aquele outro, acredita nisso, mas acha que isso é viagem. Cria concepções e nos limita, nos acorrenta.


Prazeres: Estamos vivendo, e acredito que devemos aproveitar a vida já que estamos por aqui. Por mais que temos que fazer tudo sabendo o que é personalidade, o que é nossa consciência superior, não podemos deixar de achar graça nos momentos que nos são cedidos para vivenciar.



- Postado por: Lila às 17h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




meu menino lindo

 
[16:22] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): oi
[16:22] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): liba
[16:22] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): eu fui faze o teste do fluminense aki
[16:22] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): eu fiz 2 gol no ang
[16:22] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): e talvez eu vo pra o rio fase amistoso com os kra do flu
[16:24] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): e talvez eu fike no club do fluminense ee
[16:25] (#) εïз Lila εïз (#):
nossa?? jura?? mas e aí vc vai morar no Rio?? rss...não quero vc mais longe ainda.

[16:26] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): mais
[16:26] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): talvez eu va
[16:26] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): o kra me mudo te time o o otro feiz 2 gol quandu eu mudei
[16:26] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): fiz 2 GOlllll
[16:27] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): no campo do pereque
[16:27] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): puxei 3 e xutei de trivela no angulo os dois do msm jeitu
[16:27] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): o kara dise pro pai liga pra ele atarde
[16:30] (#) εïз Lila εïз (#): fez dois gols tipo num teste para o fluminense? e porque vc tem que fazer outro teste? ce vai ganhar dinheiro se passar? e vai morar sozinho?
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O):
naum
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): dinhero ainda naum
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): mais se eu for bem
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): eu vo pro ria talvez
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): dai eu vo fase um amistoso com o kra do flu
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): se eu for bem e tal
[16:31] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): eu fiku num alojamento
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): naum
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): a mae falo
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): que
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): se eu pasa
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): eu vo no final de semana
[16:34] (O)(O)(O)SeMpRe PeRcO aS hOrAs (O)(O)(O): pra o rio fika o final de semana
[16:34] (#) εïз Lila εïз (#): matt, eu te ligo mais tarde para conversar com você. agora to trabalhando. Te amo.


- Postado por: Lila às 16h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




CIÊNCIA, ILUMINAÇÃO DE SOLIDÃO

2.500 anos, Heráclito declarava em Éfeso: "Se não esperardes, não encontrareis o inesperado, pois ele é custoso e difícil de se encontrar." Esperar não significa inércia, preguiça, apatia e abulia. Esperar é lutar com todas as forças, para surpreender o inesperado, absorvê-lo e vivê-lo, O inesperado é o momento de libertação, iluminação, que só nos chega após infatigável estudo e integral dedicação, acompanhados de paciente observação.

"Se lutarmos, incessantemente para nos libertarmos da ignorância", escreve René Alleau, "a própria verdade lutará por nós e vencerá". Eis o inesperado dos que esperam trabalhando. Eis a chave que abre as portas da compreensão mais profunda. Esta chave da libertação está nas mãos de todos nós. Lamentavelmente, muitos mourejam na estagnação, enquanto o mundo do saber está em contínua e rápida transformação.

Não podendo acompanhar tão assombroso progresso, porque lhe falta motivação e ardor, o homem comum colhe insegurança e medo ante os formidáveis avanços das idéias. Nosso mundo nada tem de semelhante ao do professor Pangloss e seu paciente e abnegado discípulo Cândido. Ignorância e protestos destituídos de ideais e dignas e inteligentes alternativas. Sem a chave nas mãos, muitos giram às tontas, perseguindo sombras, distantes do remédio certo: a cultura, mas uma cultura que leve à evolução. Confundir cultura com evolução seria o mesmo que confundir os meios com o fim. A cultura, por si só, é estólida vaidade. A verdadeira cultura é a alquimia, que busca a transformação do homem, sua transmutação espiritual e a libertação do espírito.

Sim, porque a verdadeira ciência é apenas um meio de atingir a consciência. Justamente por não compreender isto, o homem deificou a ciência, tornando-a um deus tirânico e temível. A ciência, sem a libertação do espírito, sem a assimilação e metabolização dos conceitos e sua tradução em atos, modos e normas de vida, se converte em um ornamento vazio e inoperante, além de perigoso e deletério.
Para que serviria a cultura, senão para tornar melhores os homens? Infelizmente, temos observado que a enorme cultura, encarada como fim e não meio, embora tenha promovido um pequeno e discutível bem-estar, criou os maiores tormentos, as grandes fobias e os desequilíbrios e desajustes que constituem a vasta seara dos psicoterapeutas.

Se bem analisarmos a Odisséia, teremos inúmeras provas da necessidade da cultura com a libertação do espírito e o crescimento do homem interior. Em sua jornada por entre obstáculos mágicos e ciclópicos, Ulisses nos mostra claramente uma aventura exterior aliada à magnífica viagem interior de reflexão. Em nossa época, ambas estão em seu clímax: o impulso em torno do planeta. Em que pese toda a glória desse périplo assombroso, jamais sonhado por Homero, os triunfos tecnológicos estiveram em desacordo com a fome de serenidade e de paz. A épica jornada da ciência e uma história de grandes consecuções e, paradoxalmente de estranha solidão.


Referências Bibliográficas

HUTIN, Serge. Homens e civilizações fantásticas. Ed. Hemus ltda, 1972.

HUTIN, Serge. Viagens para além do Conhecimento. Ed. Hemus ltda, 1962.

BERGIER, Jacques. Os livros malditos. Ed. Hemus ltda, 1972.

CHURÉ, Edouard. Os grandes iniciados. IBRASA Instituição Brasileira de Difusão Cultural, 1985.

TALAMONTI, Leo. Universo Proibido. Distribuidora Record, 1982.

TARADE, Guy. Os Arquivos do Insólito. DIFEL, Difusão Editorial S.A., 1971.

FULCANELLI. Lãs Moradas Filosofales. Plaza & Jones editores, 1971.

DANIELOU, Alain. Shiro e Dioniso. Livraria Martins Fontes Editora, 1989.




- Postado por: Lila às 10h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




meus pecados

Preguiça: Ando com tanta preguiça para fazer tudo. Tenho vontade de sempre dormir até mais tarde, é muito difícil acordar para trabalhar. Escolher roupa é muito chato...caminhar até o trabalho então, quase não tenho forças. Não tenho preguiça para ir tomar café, mas passo a manhã toda pensando em tirar um cochilo na hora do almoço. A tarde fico animada, mas quando começa a parar o serviço já penso em ir para casa colocar o pijama. Se chamam para fazer algo, eu logo penso na cama e em acordar com mais sono ainda no dia seguinte. Parece que fico economizando, os minutos...tipo, quantos minutos eu vou gastar para ir até o mercado comprar pão e vou perder em momentos de sossego em casa. Será que estou com alguma falta de vitamina no corpo ou alguma depressão? Mas quando eu saio fico super feliz e não quero mais voltar para casa. O problema tem sido o start.

Acho também que preciso fazer algum esporte e que passo muito tempo no trabalho, tendo pouco tempo para ficar em casa. O tempo que tenho pra mim normalmente dá apenas para tomar banho, comer, namorar o mor, mexer um pouquinho no note e mimir.

Preciso me animar mais, sei lá.


Gula: Depois que casei, eu engordei muito.

O mor cozinha pra caramba, e quando eu era sozinha tinha muito preguiça, então não comia quase nada, e quando comia era miojo, pão ou alguma salada pronta que vendia no mercado, previamente lavadas e cortadinha, heheh.

Ando pensando muito em comida, por ansiedade, sem estar com fome. Parece que tem uma anaconda dentro de mim.

To com vontade de tomar sucrilhos com leite bom e farinha láctea. Estou cansada desse esquema de iogurte natural mega azedo, granola e leite do mais barato.


Quais mais pecados eu ando cometendo?


Ira – não, sou nervosinha e impaciente, mas com consciência.

Luxuria – Hm, não...faço tudo com muito amor.

Vaidade – Ah, acho que o normal...em alguns aspectos menos que a maioria e mais em outros.


Nha...esqueci os outros.

Avareza - nhaaa, esse pecado eu também tenho. Não de dinheiro, mas de sentimentos, de momentos, de pessoas. Eu não tenho muita coisa guardada, sempre doo as roupas e tudo mais que tenho, mas não curto muito emprestar as coisas, prefiro dar, rs. Vai entender. Não sei muito bem lidar com o sentimento de posse e não quero dividir ninguém...meu amor, minha amiga, minha  mãe...entende?

Inveja - Hmm, não porque eu gosto muito do que eu tenho e não trocaria por nada, rs. O meu é sempre melhor do que o dos outros, afinal é o que eu tenho, rs.

Soberbo - ahahahah.



- Postado por: Lila às 10h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Guerra no meu quarto

Gogo: Ô meu lindo, eu te amo muito, cê sabe disso. Você é meu bem mais precioso, que sempre cuidou de mim, que curou, até segurava a minha mamadeira para eu tomar. Hoje vc é meu melhor amigo, quando estou triste só penso em te abraçar porque sei que tudo vai melhorar. Não precisa ter ciúmes de nada, afinal vc é tão antigo que sabe todos os mistérios do mundo e tem ligação com as fadas e os anjos protetores. Mesmo que tenha gente que ache vc mafioso, sequestrador de gatinhos, eu só brinco que acredito, mas sei o seu verdadeiro significado na minha vida. Não tema a nada, vc é o melhor.
 
Tinho: Você sempre será especial porque foi um presente de minha mãe para cuidar dos meus sonhos. Eu sei que esse é o seu proposito de vida e que mesmo que durma com o morzão, vai cuidar de todo ambiente.
Eu tenho muito carinho por você, e não se preocupe com o que o mor fala, porque o Gogo é muito superior a tudo isso e nem liga para essas bobeiras. Nós não somos seres indiduais, todos fazemos parte do todo, e voce faz parte de mim, como eu de você para sempre.
 
Azulzinho: Pode vir sim, meu quarto vai te acolher muito bem, e assim você vai poder cuidar do meu morzão como sempre fez. Mas se vir querendo fazer grandes mudanças no meu mundo, ou querer que as coisas sejam do seu modo, o morzão vai mimir com você no sofá. Caso contrário viveremos todos muito bem em harmonia, como sempre foi dentro do meu castelo. O meu quarto é igual coração de mãe, sempre acolhe com amor seus entes queridos, desde que eles não criem conflitos ou façam com que a energia não flua como o esperado.
 
Morzão: A gente vai comprar um travesseirinho para você também, tá bom?
Um tipo o Tinho, e de menino. Eu sei um lugar lá em Ubas que tem...perto da vóvis. Podexa comigo. Mas o Tinho é meu, humpt. E vê se voces ficam brincando aí em casa em vez de ficarem brigando. O Gogo é muito sábio, se vcs entrarem em sintonia com ele entraram num mundo magico e verdadeiro.
Te amo.


- Postado por: Lila às 10h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




ontem

Oi, bloguito amado.

Ontem minhas amigas que eu amo foram em casa.

Foi gostoso, adorei a surpresa.

Dei bastante risada com as histórias malucas. Sou muito grata de verdade por ter conquistado na minha vida amigas como elas. Adoro fazer parte do clã.

 

Uma muito diferente da outra, mas que respeitam as diferenças e têm uma amizade muito bonita em comum.

Parece que somos uma versão mais nova das amigas do sex and the city. Só que hoje nosso clã cresceu, e das quatro que formaram o grupo inicial, chegou mais umas seis que são atuantes.

Eu não ando mega atuante pelo motivos que comentei anteriormente, mas isso vai mudar, porque estar com as amigas e fazer programas com elas me deixa muito mais feliz e cheia de novidades para contar.

 

Ah, tenho uma grande novidade:

Nós todas vamos passar a virada do ano juntas!!! Êeee!! Pulando as sete ondinhas!!

 

E também vai ser o meu primeiro ano novo com o meu amor. Ai que deliciaaa dar beijo  na virada para beijar o mor o resto do ano...rss.

 

Verãaooo eeeeee!!!

 

Tá bom, rs. Chega de empolgação premeditada.

Logo mais eu volto.



- Postado por: Lila às 10h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Devaneios...

 

O mor falou que eu não tenho que ligar tanto para o que as pessoas falam...

Disse isso porque andam dizendo que não tenho mais vida particular depois que ele surgiu... que não saio mais com as amigas, que não vou mais ao cinema e todos os programas sociais.

Acredito que isso tenha acontecido, mas acho que tudo na vida são fases por qual a gente passa e servem pra gente aprender uma porção de coisas. Eu tenho curtido essa fase, e acredito que não vá ser sempre assim, mas quero aproveitar o momento que foi me dado.

Sinto falta de sair com as amigas e não ando conseguindo equilibrar tudo na minha vida, como amor, trabalho e vida particular, mas acredito estar consciente e que tudo muda muito rápido, e se ficarmos só pensando como tudo deveria ser, e o que está certo e errado, nunca ficaremos satisfeito com momento presente. E eu não quero passar o resto da vida amargurada por não ter aproveitado todas as diferentes situações que vivi porque fiquei pensando como o mundo deveria ser.

 

Quando eu era criança eu queria fazer esgrima ou equitação, sabe, coisas muito longe da minha realidade. Fantasiava um mundo diferente do meu e não vivia nada intensamente.  Mas sei lá, acho que toda criança tem um pouco disso, né?

 

E quando fui crescendo os meus pais foram me podando, falando que todas as emoções que eu tinha fazia parte de uma ilusão criada pela mente, pelo ego...e a vida começou a parecer muito fake e sem graça pra mim.

 

Agora que eu to super feliz, com um mor que me compreende, que me deixa eu ser eu mesma, bobona e com mil e um defeito vem gente falar que eu estou agindo errado, que o certo é fazer isso e aquilo? Ah, não...

 

Mas quando é que eu vou começar a viver a minha vida sem ficar chateada com o que as pessoas estão pensando sobre mim? Por que eu insisto em querer agradar todo mundo e me moldar a realidade das pessoas? Insegurança?

 

Pode ser...

 

E como combater? Fugindo do mundo, sem dar a cara a tapa é que não é. Nhá, mas eu tbm não quero ficar guerreando por aí, quero uma vida sussa, porém com muito conteúdo.

E cá entre nós, conversa com profundidade está difícil de encontrar, não que eu não aprenda conversando numa mesa de bar e ouvindo diversas situações vividas por outras pessoas, não que eu não me divirta, mas temos que filtrar tanta coisa, não é?

 

O que eu ando tentando aprender é me entregar mais aos momentos e pensar menos antes de agir. É melhor deixar o fluxo divino, o impulso do coração nos guiar, do que deixar o medo e os pensamentos nos frear.

 

O que eu tenho que fazer é começar a viver a minha vida...afinal sou eu quem estou a vivendo, não é minha família, meus amigos ou o pessoal do trabalho que está aqui dentro. Arrrgh, por que tenho tanta dificuldade? Qual é o primeiro passo em sentido da luz??

Alguém sabe?

 

Nossa, um motorista portador de materiais do local onde trabalho passou aqui e me deu um monte de balas e dois chocolates gostosos. Por que as pessoas mais simples são muito mais gente fina que os demais??

 

Aiaiai, isso é assunto para os próximos capítulos, heheh.



- Postado por: Lila às 09h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Promoções que eu quero

 
Na compra de quatro atomatados mais dois caldos Knorr, a empresa distribui ao consumidor um brinde em forma de elefante de pelúcia, disponível nas versões “feliz”, “tímido”, “zangado” e “sapeca”.
 
Môoooor...eu quero!! O zangado vai colocar ordem naquela briga de travesseiros que tem em casa, humpt.


 
 
 
Oh, ontem a gente já comprou o protex...mas é que não tinha lux no mercadinho, né??
Eu quero o chinelinho azul ou o rosa. Pode ser o laranja tbm, hehe.


- Postado por: Lila às 11h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Final de semana

Oi, Bloguito.

Te abandonei, né?

 

Não ando conseguindo vir aqui.

 

Sabe, bloguito, uma das coisas mais preciosas que o morzão tem me ensinado é ser eu mesma, ser transparente nas minhas palavras e falar com o coração.

Eu sempre montei vários esquemas na minha cabeça, moldava os momentos, ficava preocupada com a repercussão das minhas ações, e com isso deixava de ser eu mesma. Agora estou mais livre, mais eu mesma na essência.

 

Quando o mor fala todo mundo presta atenção e gostam de ouvir o que ele tem para falar, sabem que não tem manipulação ou joguinhos em suas intenções e abrem seus corações para ouvi-lo.

 

Eu ainda não sou assim, mas estou no caminho de uma longa jornada.

Quando consigo falar e agir conforme o meu coração, tudo parece muito mais fácil, simples e verdadeiro. Me sinto livre. Talvez essa seja a verdadeira liberdade.

 

E a cada dia que passa, eu aprendo um pouquinho mais viver os momentos que são me dado como se eles fossem uma dádiva, um agrado, um merecimento. Tento ser leve, ter luz e amor.

Lógico que às vezes fico mazelando que deveria ler mais, pintar, escrever um livro, fazer cursos, que poderia ficar menos a deriva. Mas isso não pode ser um fardo.

 

Bom, no final de semana a gente curtiu bastante a nosso modo. Aproveitamos os momentos de paz para fazer tudo ao nosso momento e na nossa hora.

 

Teve ranguinho gostoso, sonecas no meio da tarde, filminho abraçados no colchão, banho completo de sábado, macarrão de domingo...essas coisas.

 

Teve um acidente com uma peste negra e a geladeira, mas tudo bem, sou persistente e irei combatê-la.

 

Filme:

Tristão e Isolda.

Eu curti. Até combati o sono.

Conta a história de amor deles, mais do sofrimento na verdade, da amizade, da honra, e mostra a linda Bretanha e suas guerras estranhas.

 

                           

É isso.



- Postado por: Lila às 09h49
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________